Nosso Propósito - O Tempo, O Trabalho Voluntário e a Intolerância

Eu Canso! Não queria cansar, mas...Canso!
Não canso do teu pedido, do teu grito único e solitário, não canso da tua história, não canso do teu tímido pedido de perdão em entrar em meu caminho, não canso de você!
Ainda; não canso do propósito, nem da missão que abracei amorosamente como minha, voluntariamente, nem do pouco tempo à disposição, nem da "falta de fé" que para mim no pedido de auxilio a um estranho, é ato de muita fé!
Canso do relógio me chamando a atenção todo tempo, me mostrando que as horas são segundos, canso por que não alcanço, por que não chego, canso do dedo apontado, canso da correção dos meus passos, canso de tanta intolerância, tanto ódio, tanta falta de empatia.
Canso, por que tenho também, água, luz, escola, farmácia, política, o clima, a minha cidade, meu estado, meu país. Canso por que tenho família, tenho pais, irmãos, amigos, filhos, cachorros.
Canso, por que tenho uma espiritualidade acima de uma bandeira a qual me sinto na obrigação calorosa de agradece-la todos os dias, de ouvi-la, de medita-la, de estuda-la; Pois é nela que deito no colo do Pai, é nela que minhas lagrimas secam, quando a indignação me move a suplicar por alguém. E é nela que volto os pedidos de oração, por você também!
Não, não é O TEU pedido, que me cansa, que me tira do eixo, que eu peço paciência pela falta de tempo. Canso de explicar que não temos um pedido, mas milhares, que a tua dor não é menor do que a dor de ninguém, que o tempo é curto, temos vidas, porém, tenho aquele bendito relógio, lembra?
Perdoe o desabafo, mas a intolerância é indigna, é fraca, é desonesta, é cruel!
Assim, para que entenda do que eu falo, façamos o que você propôs, porém, retiro de mim o tom de ironia que usou, trocamos pois, de sapatos! Que o aprendizado vivido em teus sapatos seja para mim, um reflexo de fé e verdade, e meus sapatos sejam para você, crescimento em empatia e amor.
Peço caridosamente, que não ofenda mais, nenhum membro deste grupo lindo, não somos perfeitos, é fato! Mas nos dispusemos a dedicar um pouco de nós em prol dos irmãos que necessitam, te proponho, além dos sapatos trocados comigo ou por algum dos membros, colocar em teu dia a dia, a oração, o mantra, a sintonização, a palavra, o carinho, não importa o meio, mas em favor de pessoas.
Use o tempo destinado a nos ofender, à pedir ao Pai, que traga paz aos corações de milhares de irmãos que estão esmorecendo neste instante - peça a Deus, aos Mestres, aos Anjos, aos Guias, aos Santos, aos EU Superiores, aos Espíritos Bons, aos Orixás, a Nossa Senhora, não importa,mas peça - Peça, que a vida se faça mais leve, peça que cada lágrima se seque, no amor e na fé. Coloque seus problemas no bolso e REALIZE a caridade, o amor ao próximo, a alegria.
Perdão o desabafo, mas a intolerância é indigna, é fraca, é desonesta, é cruel!
O mal é covarde, e se me bate de frente, encaro-o com luz, pois em minhas fraquezas, defeitos e imperfeições, sei que sou Filha de Deus, e estou em evolução constante.... E assim são, todos aqueles a quem você ofende e vem ofendendo diariamente.
A resposta da felicidade plena, está nos pequenos gestos, como não julgar, caridade, amor,...
Te Amo, Sinto Muito, Me perdoe, Gratidão!
Daqui te envio luz pura de amor, para que Deus transmute tanta mágoa em amor, amor , amor.....Pedirei a Jesus em orações que limpe a sua vida de tanta raiva e miséria espiritual.
Peço perdão ao grupo pelo textão, mas é preciso pontuar, que este trabalho voluntário, está em Deus. O tempo realmente é curto, e não chegamos à Todos como gostaríamos.
Que a vida se abra em ABUNDANCIA plena na vida de todos nós. Que a intolerância não seja o foco, que o respeito impere, que o amor se reproduza e a vida cresça em amor.
"Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo. Eu vos digo, porém: Amai vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; Para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; porque faz que o seu sol se levante sobre os maus e os bons, e a chuva desça sobre os justos e os injustos. Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? E se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus.” (Mateus 5: 43-48) " Estamos no caminho Pai, ilumine os homens de Boa Vontade.
Beijos de Luz Fer - Idealizadora do Grupo ABUNDANCIA SEMPRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
O Seu comentário é muito importante para nós!
Porém, dados pessoais e pedidos com nomes e histórias não serão publicados, para não expormos ninguém. Nem sempre respondemos a todos os contatos e e-mail, mas certamente colocaremos a todos em oração.
Gratidão!