Para uma vivência saudável

Uma vivência saudável está ligada diretamente à elevada forma de se pensar.
Bons pensamentos produzem harmonia, bem-estar; enquanto os perturbadores abrem campo para a instalação das enfermidades.
A divisão celular em nosso corpo obedece a ciclos de tempo muito exatos.
Quando fatores emocionais e mentais de desequilíbrio envolvem as células, elas perdem o ritmo, aceleram seu processo de divisão, ou o reduzem, a prejuízo do conjunto equilibrado.
No primeiro caso, ocorre a formação de tumores que se podem apresentar com caráter maligno, os cânceres, ou de benignidade. A segunda ocorrência gera fragilidade no sistema imunológico e abrem-se campos a contaminações infecciosas.
A instabilidade de nossas ondas mentais proporciona o desgaste da energia vitalizadora e os mecanismos degenerativos apressam o surgimento dos males de Parkinson, Alzheimer e de outros transtornos mentais.
Essa dualidade mente-corpo é indissociável enquanto estamos na vida carnal.
O que a mente irradia é sempre recebido pelos órgãos físicos.
Eis porque os sentimentos doentios, como a mágoa, o ódio, o rancor, a sensualidade, o erotismo, o ciúme, a vingança, culminam em enfermidades de causas complexas e de terapêutica de difícil eficácia.
Isso porque, permanecendo sempre a causa degenerativa, na conduta mental, o bombardeio das energias destrutivas prossegue devastador.
Os remédios, os tratamentos convencionais, atuarão no quadro externo, por vezes até aparentando aliviá-lo temporariamente. Porém, se as causas insistirem, os transtornos permanecerão lá.
Assim, é indispensável que ocorra uma radical mudança íntima no indivíduo, a fim de ser revertida a ocorrência, enquanto as ondas de afetividade as substituam.
Quando são elaborados pensamentos de ternura e de perdão, de compaixão e de caridade, irradiações saudáveis envolvem todo o ser, mantendo-o em clima de plenitude.
Tudo muda quando o pensamento se modifica. A disposição íntima, as companhias espirituais e a vitalidade da máquina corporal.
* * *
Cuidemos com empenho do hábito de pensar corretamente, corrijamos os velhos costumes da censura e da reprimenda, do pessimismo e da negatividade, da prevenção e do preconceito, do ressentimento e do ódio, a fim de que possamos experimentar os ricos frutos da alegria e do bem-estar.
Elejamos momentos de reflexão, de boas leituras, de conversações edificantes. Criemos tal disciplina diariamente.
Aproveitemos os instantes com a família, envolvendo-os nas nossas melhores vibrações de gratidão e fraternidade.
Abracemos a natureza. Admiremos, contemplemos, observemos e aprendamos. Ela sempre será inspiradora de pensamentos construtivos e de esperança.
E por fim, mantenhamo-nos sempre em contato com o Criador da vida. Não tornemos esses momentos celebrações formais. São conversas, da criatura que está aprendendo com o Pai que sempre ensina e orienta.
Para uma vivência saudável, comecemos cuidando dos nossos valiosos pensamentos.

(Redação do Momento Espírita)
Compartilhe e espalhe fé e amor!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
O Seu comentário é muito importante para nós!
Porém, dados pessoais e pedidos com nomes e histórias não serão publicados, para não expormos ninguém. Nem sempre respondemos a todos os contatos e e-mail, mas certamente colocaremos a todos em oração.
Gratidão!